Logic Pro X e Maschine

November 9, 2017

Neste tutorial, explico como costumo utilizar a Maschine (versão 2.6.7) e o Logic Pro X (versão 10.3.2) de forma integrada. Estou indicando as versões, pois tudo que será descrito pode não funcionar em algumas versões anteriores.

 

O conteúdo desse artigo possui nível mais avançado e demanda um conhecimento razoável da Maschine, uma vez que serão citados comandos específicos. A Maschine é uma controladora MIDI muito versátil, os bancos de som atrelados aos efeitos e tudo que é possível fazer nela a torna bastante poderosa. É possível arrastar o áudio dela diretamente e trabalhar com Stems e depois mixar. Mas perde-se muito dos controles e possibilidades de ajustes em tempo real, uma vez que gravado em formato de áudio, técnicas de “sampleamento” são possíveis, porém, para manter o loop mais próximo do original, a utilização do MIDI neste caso é mais interessante. 

Abra o Logic, escolha File > New > Software Instrument > Create (Figura 1). Em instrumento, escolha Maschine 2 (Figura 2) na versão multi output. A tela da Maschine como plugin aparecerá automaticamente. Nesta tela, escolha All Groups no menu e um kit de sua preferência. Escolhi um kit da biblioteca padrão, o 808 kit (Figura 3). Ele abre já com dois paterns; ajustei o BPM do Logic Pro X para 120 BPM. Feche a janela da Maschine, abra o Mixer do Logic Pro X ( atalho tecla X ou menu View > Show Mixer ).

No canal Inst. 1, como você escolheu Multi Output, aparecerá símbolos de + e -.  Clique sobre o + até ter todos os 16 canais visíveis (Figura 4). Selecione todas os canais no mixer (Control + A) e vá no menu do Mixer, escolha Options > Create Tracks for Selected Channel Strips, ou utilize o atalho Control + T. Agora você verá  todos os 16 canais dispostos em trilhas específicas (Figura 5). 

 

Abra agora novamente a janela da Maschine e visualize o Mixer (Figura 6). Vamos direcionar todos os canais de áudio que estavam para Group para cada uma das saídas externas (Ext 1 – Canal 1, e assim por diante) (Figura 6). Veja o resultado na Figura 7.

 

Agora iremos definir os canais de input e output de midi. Escolha Sound > Input > MIDI . Clique na área de pattern e dê um Control + A para escolher todas as trilhas. No menu Source, escolha Host para todas as tracks (Figura 8). Em seguida, coloque os canais para cada uma das trilhas de 1 a 16  (Figura 9). Faça o mesmo com Sound > Output > MIDI. Sendo assim, cada trilha estará atribuído a um canal MIDI. 

Vamos arrastar o MIDI da cena 1 da Maschine para a principal área de trabalho do Logic, iniciando no canal 1 (Figuras 10 e 11). Para tudo funcionar perfeitamente, considerando que seu loop já está na área de trabalho, crie uma cena 2 vazia na Maschine e rode o Logic Pro X com esta cena em loop (Figura 12). 

Existem várias formas de trabalhar com a Maschine e o Logic Pro X. Portanto, não se limite ao que foi explicado aqui. Tente encontrar outros caminhos que se adéquem ao seu fluxo de trabalho.

Please reload

Destaque

Rio das Ostras Jazz & Blues Festival 2020

February 7, 2020

1/10
Please reload

Posts recentes

December 31, 2019

December 24, 2019

December 19, 2019

Please reload

Nossas Redes
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Instagram
SOBRE

REVISTA BACKSTAGE

 

A Revista Backstage é um publicação da Editora H. Sheldon e pode ser adquirida online através do site da editora, por assintura ou avulsa.

 

ANUNCIE

IMPRESSA OU DIGITAL

 

Clique aqui e se informe sobre as condições de anúncios em nossa revista ou site.

CONTATO
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • Instagram

Todos Direitos Reservados

Rua Iriquitiá, 392 - Taquara

Rio de Janeiro - RJ - CEP:22.730-150 

Telefones: (21) 3627-7945 /  2440-4549

E-mail: adm@backstage.com.br

© 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • REVISTA BACKSTAGE