A importância de um projeto de áudio

 

 

Olá galera do áudio. Nesta edição abordaremos a importância e a necessidade de um projeto em uma instalação de sistema de som, e ninguém melhor do que Jorge Perez, da Igreja Bola de Neve para nos trazer este conhecimento.
 

Jorge Henrique Perez, 36 anos, tem formação técnica em eletroeletrônica, mecatrônica, produção audiovisual, fundamentos de áudio e acústica no IAV, desenho e alinhamento de sistemas.
Há 17 anos atua na área de áudio, sendo os primeiros 6 anos voluntariamente e há 11 anos profissionalmente como responsável técnico e comprador de áudio da Igreja Bola de Neve. 

 

É o responsável pelos projetos e instalação de cerca de 50 sistemas de som nas igrejas Bola de Neve e assessoria de compra de áudio nas mais de 400 igrejas espalhadas pelos quatro cantos do país. Também é o responsável por igrejas de fora do território nacional, como Índia, Haiti, Peru, Japão e Suíça, entre outras. 
Perez também é produtor técnico dos eventos em auditórios, ginásios e estádios como Allianz Parque, sendo o último evento o ASU – Até sermos um - da cantora gospel Priscilla Alcântara, que aconteceu em setembro de 2018 no ginásio do Ibirapuera para um público de 9 mil pessoas.


Atuou em 2012 como técnico de som da banda gospel Livres e hoje ainda trabalha como técnico convidado para alguns eventos e shows pontuais. É ele quem nos mostra, logo abaixo, um pouco de sua experiência com projetos. 
“Por todo o Brasil, sistemas de som são montados. Porém, na maior parte das vezes, somente a marca dos equipamentos é levada como ponto de importância.


“Para a montagem de um sistema de som, existem vários quesitos tão importantes quanto a marca dos equipamentos: o dimensionamento correto de caixas, o dimensionamento correto da elétrica, acomodação dos equipamentos de acordo com a sua utilização e alguns outros quesitos que são importantes de serem detalhados. 
“A escolha da marca desejada vai ditar a ordem de grandeza financeira do seu projeto. Você pode escolher uma marca importada ou uma marca nacional. Costumo sempre levar em conta o pós venda: como será o suporte técnico e com que agilidade serei atendido. Converso com profissionais que já compraram a marca, por exemplo. Gosto de comparar um sistema de som a um carro. Ele pode ser da marca e modelo que for, mais cedo ou mais tarde vai precisar parar em uma oficina, vai precisar de peças. Pensando nesse aspecto, é importante escolher a marca certa, pois é melhor um som não tão perfeito que quando para de funcionar tem um suporte técnico rápido do que um sistema que parece perfeito, mas quando para, não há o que se fazer. 

“O dimensionamento correto da quantidade e modelos das caixas deve ser feito por alguém que conheça as opções. Há projetos que utilizam a mesma caixa em diversos ambientes, sendo que em alguns pontos poderia se utilizar uma caixa mais barata. Nesse estágio do projeto também se pensa nas posições de todas as caixas e a folga que esse sistema terá para trabalhar. Pode ser uma pequena porcentagem a mais, porém que trará uma vida útil maior ao seu sistema. Ter muitas caixas de som não significa exatamente que o som será muito alto quando estiver ligado, uma vez que o som terá mais “espaço” para se acomodar.   


“A acomodação dos amplificadores deve ser, de preferência, em um local de fácil acesso, que seja arejado ou tenha ar condicionado. Os processadores às vezes ficam próximos das potências. Em outros casos, junto à mesa de som. Essa escolha é feita de acordo com a forma que o som é usado.    


“A distribuição e acionamento elétrico também devem ser feitos de acordo com a forma como esse sistema é usado. Em alguns casos é interessante o uso de contatoras, pois possibilita o acionamento à distância. “A elétrica é um ponto importantíssimo, pois é o combustível do som. O valor de investimento em elétrica para um sistema de som costuma ser 5% do que foi investido em equipamentos, porém muitos acham caro e é nessa economia que começam os problemas. Um sistema de som é sensível a ruídos e interferências, por isso a preocupação em ter uma elétrica adequada, assim como aterramento correto. Ele deve ser dimensionado de acordo com o consumo do sistema, que vai variar de acordo com a tecnologia que o amplificador possui, seja ele analógico ou digital.
“As tubulações, eletrocalhas exclusivas e um circuito elétrico também exclusivo para o sistema de som evitam o contato físico com cabos que podem gerar um ruído no sistema. É preciso distância de cabos que estejam alimentando reatores e outras cargas que geram ruído na rede elétrica. Essa infraestrutura independente para o som facilita a manutenção e aumenta a vida útil dos cabos e do sistema.
“A escolha do local para se colocar as caixas mais pesadas deve ser feita junto ao engenheiro para  ter a certeza da capacidade do suporte, telhado, etc.


“A acústica é um ponto importantíssimo para o resultado final. O projeto acústico pode ser feito junto ao projeto de som, ou em paralelo. Um projeto acústico muitas vezes é caro e só é pensado depois do som ser instalado e ser constatada a reverberação. Existem projetos de acústica que buscam a perfeição, tratando exatamente da(s) frequência(s) problemática(s) e ainda deixa o ambiente bem acabado esteticamente, e existem soluções mais acessíveis, que não são tão exatas, mas tornam o local bem menos problemático.


“Mesmo que o projeto fique acima do orçamento, é possível realizar a compra e montagem em etapas. Claro que cada caso é um caso, mas é preciso ver a ordem de prioridades na montagem e saber fazer o uso desse sistema incompleto. O mais importante é ter um projeto e realizar cada etapa pensando nele por inteiro, para evitarmos o famoso ‘puxadinho’”.
 

Please reload

Destaque

Rio das Ostras Jazz & Blues Festival 2020

February 7, 2020

1/10
Please reload

Posts recentes

December 31, 2019

December 24, 2019

December 19, 2019

Please reload

Nossas Redes
  • Facebook Classic
  • Twitter Classic
  • Instagram
SOBRE

REVISTA BACKSTAGE

 

A Revista Backstage é um publicação da Editora H. Sheldon e pode ser adquirida online através do site da editora, por assintura ou avulsa.

 

ANUNCIE

IMPRESSA OU DIGITAL

 

Clique aqui e se informe sobre as condições de anúncios em nossa revista ou site.

CONTATO
  • w-facebook
  • Twitter Clean
  • Instagram

Todos Direitos Reservados

Rua Iriquitiá, 392 - Taquara

Rio de Janeiro - RJ - CEP:22.730-150 

Telefones: (21) 3627-7945 /  2440-4549

E-mail: adm@backstage.com.br

© 2017 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS • REVISTA BACKSTAGE