Anuncio topo
SUMÁRIO / Sumário

Os avanços de Gordon Craig - Iluminação cênica: estudos, pesquisas e publicações (parte 3)

08/06/2021 - 16:31h
Atualizado em 11/06/2021 - 15:56h


 

Na figura acima: “Fausto” (Ópera de Montreal, 2012) – Produção de Alain Gauthier e Design de Olivier Landreville, inspirado em Gordon Craig. Fonte: Diana Fernández.

 

 

No processo de construção e consolidação da Iluminação Cênica como linguagem e representação do palco, várias foram as contribuições de diversos pesquisadores, iluminadores, inventores e empreendedores. Nesse contexto, o processo de modernização ocorrido em vários países no início do século XX estabeleceu novas diretrizes para os teatros, os espaços cênicos e à própria Iluminação Cênica. Como um dos protagonistas nesse âmbito, Gordon Craig se destacou como visionário e revolucionário artista, iluminador e escritor. Neste ano, celebra-se o centenário do lançamento do livro The Theatre-Advancing, sexta obra desse autor. Com esta conversa, pretende-se fazer uma singela homenagem a ele que, com Adolphe Appia, destaca-se como um dos grandes mestres da Iluminação Cênica de todos os tempos.

 

 

CLIQUE AQUI E LEIA A COLUNA COMPLETA DE CEZAR GALHART

 

 

  • COMPARTILHE
voltar

COMENTÁRIOS

Nenhum cadastrado no momento

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Escreva sua opinião abaixo*